Look Gestante - Tênis Inspired

Olá pessoal, desculpem o sumiço, mas estou aqui atualizando mais esse cantinho com inspirações para minhas amigas gravidinhas.

Essa semana completo sete meses e já sinto bastante dificuldade pra me vestir e calçar principalmente, então o que restou nessa fase final são as sapatilhas e os tênis.

Felizmente tenho meus preferidos em casa, mas por incrível que pareça estou com muita dificuldade em me vestir, eu acabo de passar por uma gripe violenta, na verdade estou saindo dela e pela falta de frio acabei me expondo um pouco demais nesses dias nebulosos e olha no que deu, agora estou traumatizada e não quero deixar pernas nem pés de fora.

Separei uns looks da internet que provavelmente vão ser inspiração pra mim e pra você que está sem muita opção e com um barrigão enorme. rsrsrsrs









Então o que acharam?

Estou aqui pensando nas possibilidades, então até a próxima.

BjooOOO

Diário de Grávida – Capitulo 7

Pessoas que gostam de aterrorizar;
Bom, hoje venho falar de um assunto chaaato, sabe quando você está super ansioso pra fazer algo e vem uma pessoa negativa e começa a meio que rogar negatividade pra você? Pois é, essa situação é tipo isso.

Tudo começa quando você faz o teste e vê que é “POSITIVO”, hehehehe começam os parabéns, as felicitações, os amigos de longe desejando uma gestação maravilhosa e até desconhecidos na rua desejando boa hora (parto) quando tem um breve dialogo com você, essa é a melhor parte de dar a notícia, dureza mesmo é quando eles acham que você está feliz demais, parece que pensam: vamos acabar com essa felicidade agora.


Até entendo que queiram te alertar de certas coisas, mas sinceramente, comentários maldosos com informações falidas e com ênfase negativa, semblante meio que desejando seu mal e o olhar maligno dizendo: você vai se ferrar, eu me ferrei, o seu vai ser em dobro.

Sério, já deu, estou evitando certas pessoas que sei que só dão dicas ou alertas desse tipo, poxa, que vai ser difícil a gente sabe, mãe de primeira viagem, total despreparada, um novo universo a ser desvendado, tudo com tempo e horário indefinido, mas pera lá moçada, se você conseguiu, eu também consigo.

De fato, a maternidade é um misterioso universo para as iniciantes que vai do gostoso ao doloroso em segundos, temos picos de felicidade e decepções que por vezes nos fazem rir e chorar em determinados momentos, mas a felicidade de estar gerando uma vida e dar continuidade a nossa linda família compensa o fator dolorido, então a verdade é que não é fácil nem indolor, mas vale super a pena.


Então você está em um dia bom, sua gestação está uma maravilha, já se passaram os enjoos, as dores corporais ainda não são constantes, você não está tão pesada ainda, continua trabalhando, leva uma vida normal, apesar dos hormônios te deixarem sempre “a flor da pele” você se controla, ou pelo menos tenta, curte ao máximo com o maridão, vocês gostam de pegar um cineminha esperto e num fim de semana qualquer você comenta cazamigas;
(Grávida) _ebaaaaa chegou a sexta-feira, vou pegar aquele cine com o love! Viva a sexta-feira.

Um comentário normal, compartilhando com as amigas o seu desejo de felicidade do momento, você está bem, tudo está bem, mas infeliz que parece não gostar de te ver feliz, responde;

(Amiga da grávida) _aproveita mesmo, porque quando o bebê chegar você vai ter muita roupa pra lavar e passar, nem vai lembrar mais de cinema, cinema na madrugada é bebê chorando de cólica e você e seu love tentando fazer ele calar.

PQP quem foi que te perguntou? Sério, uma pessoa dessas deve ser muito infeliz, porque a gente tá compartilhando um momento bacana e a pessoa vem com sete pedras na mão e taca, mas ela taca bem na sua cara pra destruir todo seu semblante feliz.

Eu estou com 25 semanas de gestação, tenho 29 anos de idade, tenho 3 irmãos mais novos, nunca tive empregada, ainda na casa da minha mãe aprendi as tarefas domesticas rotineiras. Também sei que bebês consomem os pais/ mãe em tempo integral, sei que terei noites/ muitas mal dormidas, sei que o choro será ensurdecedor em dias de cólicas fatais, mas sei que meu instinto/ minha mãe vai me ajudar e muito. Sinceramente, não preciso sofrer por antecedência, prefiro curtir essa fase o máximo que der, quando realmente chegar a hora de lavar, passar, acalentar e se injuriar com situações, eu vou, mas agora, me deixa em paz amor, deixa eu ser feliz.

(Grávida) _miga, tô usando um creme baphônico contra estrias, tô me lambuzando todinha, pra ver se fico bem depois do nascimento do bebê né, ahhh queria tanto voltar ao normal.

Se prepara para a bomba...

(Amiga da grávida) _ vai sonhando, usei creme, óleo, sebo, tudo que me indicaram, mas a barriga esticou tanto que fiquei detonada, essas coisas não adiantam não, pode usar de tudo mas é certeza fiahhh, nunca mais tu vai usar biquíni, pode se acostumar com maiô e shorts pra ir à praia.

Aff que pessoa maligna, gente de fato estrias são inevitáveis, eu já tinha antes de engravidar, meu sonho é pelo menos conseguir poucas marcas na região da barriga, mas sério, não precisa desanimar desse jeito. O que me deixa mais abismada é que essa pessoa teve filhos, ela sabe que você está um não me toque só, mas o porquê dessa pessoa fazer isso com você, eu sinceramente desconheço, só lamentos.


Parto, esse assunto é bastante delicado, em dias que o tal parto natural, normal ou sei lá o que é meio que modinha, ninguém, absolutamente ninguém aceita sua opinião sobre o que e como você quer, você vai ter parto normal, vai se f... com perdão da palavra, vai chorar, vai gritar, vai esbugalhar os olhos fora da caixa, teu médico vai estar em viagem, você vai pegar o plantonista mais carniceiro que tiver no hospital, não adianta escolher maternidade TOP, pois eles vão te distratar, não tem como escolher o parto, você vai ter o que o médico decidir, sua opinião vale menos que um centavo, você é o mosquito do c... do cavalo, você só tem que ouvir e esperar por toda a desgraça que elas te rogarem e se for muito bocuda pra dizer que vai fazer cesárea e não tá nem aí, elas te chamam de mole, cagona, pois se elas conseguiram, você também consegue (pqp).

(Grávida) _ miga tava pensando aqui, não tenho coragem de ter parto normal não, acho que vou optar por...;

Nem terminou sua frase a moça já começa;

(Amiga da grávida) _ há há há !!! tá pensando que é assim, você vai decidir, fiahhh você vai ter o que tiver que ter e pronto, e vou logo te falando, é uma dor dos infernos, parece que você vai morrer, é a dor da morte...(cinco minutos mais tarde) mas vale a pena.

Esse final “mas vale a pena” que mata, ela te desencoraja ao máximo, te detona, faz você enxergar aquilo como uma experiência brutal, mas no final vale a pena. Poxa gente, eu e você estamos cansados de saber que existem diversas situações, fatores externos, complicações, a dor existe, os processos podem ser lentos e dolorosos, mas é claro que tudo isso vai de situação para situação e o mais importante, pessoa para pessoa.

Sinceramente, não preciso de ninguém me aterrorizando dia após dia e depois de dar um choque no meu psicológico falar que é tudo maravilhoso, para eu curtir essa fase grávida, e depois de olhar o bebê lindíssimo e pleno em meus braços, embora eu mesma estando sentindo como se um caminhão tivesse passado por cima de mim, ainda sim valerá a pena, OK, chega, eu sei que o sofrimento, as dores e os dissabores realmente serão apagados lá na frente com minha linda filhinha nos meus braços, mas querida, vamos conversar de mana para mana e não deixar a coitada da grávida aqui mais apavorada que nunca.

Pois bem, relatei casos acima que vivi e ouvi de outras amigas grávidas e achei super chato, mas não fui rude ou me exaltei na hora, apenas abstraí a situação, a pessoa nem se toca que já esteve no seu lugar sabe, muitas das vezes até vejo a expressão no olhar de quem está te alertando, mas infelizmente essa é a pior forma de alertar alguém, aterrorizando.

Obviamente nem todas as pessoas agem dessa forma, tenho conhecido histórias mil de pessoas, amigas e conhecidas que tem uma paciência e cautela para contar fatos que até mesmo foram absurdamente chatos em suas vidas, porém são filtrados da melhor forma possível e acabam sendo expostos com mais sutileza, assim eu absorvo e passo a pensar naquilo mais abertamente e sem terrorismo.


Tem tantos blogs e diários de gravidez na internet, já vi diversas postagens sobre o que falar ou não falar com uma grávida, mas eu não quero ser grosseira ou chata aqui, apenas expressar meu sentimento sobre essa e outras situações, compartilhar com você gestante ou não esse pedaço da minha vida e essa fase linda, então se você também é gestante e já passou por isso sugiro que gargalhe comigo amiga e tenhamos fé pois lá na frente as coisas se ajeitam, já você que só está curiosa ou está se programando para passar por isso também, gargalhem, daqui a pouco tem isso e muito mais.

OBS. Para as migas terroristas, não fiquem chateadas, sei que vocês se intitulam realistas, mas queridas tentem pensar assim, sua realidade nem sempre será a minha ou a de outra amiga, então maneirem migas.


BjooOOO

Tal Mãe, tal filha

Não tem como evitar pensar em como vai ser quando minha princesinha estiver aqui comigo, a gente começa a planejar uma imensidão de coisas, entre família e entre mãe e filha.

Minha mãe teve quatro filhos, as duas primeiras foram eu e minha irmã, agraciada com duas moças em casa ela sempre teve companheiras, hoje comigo e minha irmã casadas ela sempre lamenta solidão, embora sempre estejamos juntas em tudo que é ocasião.


Eu não sei realmente como vai ser, mas sei que vai ser tudo maravilhoso, do choro ao riso, agora o que eu realmente tenho pensado, vocês vão querer me trucidar, então peguem leve, vamos lá; eu tenho pensado muito em como vou vestir minha pequenina, antes não pensava muito nisso, mas depois de conhecer o universo "rosa" que parece preceder uma bebê menina eu simplesmente não curti muito.

Visto que eu estou totalmente fixada nesse assunto comecei a buscar roupinhas diferentes para minha bebê e acredito que já montei um tremendo arsenal para ela, nem queiram contar no dedo quantos bodys e culotes de diversas cores tem nas gavetas da cômoda da Aria, mas enfim, isso é papo para outra ocasião, queria mesmo era mostrar para vocês umas fotos lindas do Pinterest com o tema do post e que são uma fofura, vem se inspirar.







Gostaram das inspirações? Espero que sim !!!

Se você já tem uma ou mais princesas em casa que te fazem companhia, aproveita pra compor looks com o tema tal mãe tal filha e me conta como foi, a min ha vez não vai levar muito tempo para chegar, mas em breve estarei nessa mesma vibe.

iuhuuuuu BjooOOOO


 

criado e codificado para o blog Kaly Magricela
cópia proibida © 2015