Prêmio Mulher Empreendedora 2018


Olá pessoal, já faz um tempinho que aconteceu, mas vale contar aqui para vocês entenderem mais um pouco do que é a Organize e Empreenda.

Organize e Empreenda

Trata-se de um grupo voltado à mulher empreendedora situada em Guarulhos que almeja alavancar seus negócios.
Inicialmente éramos três mulheres, Kaly, Lidy e Bruna com um sonho e nos transformamos em setenta e poucas atualmente no grupo oficial.


Nosso grupo do whatsApp conta com expositoras dos mais variados tipos de produtos, entre moda, beleza, artesanatos, acessórios e muito mais.

O grupo surgiu a pouco mais de quatro meses, mas mantém-se em crescimento gradativo, dia após dia temos adicionado novas empreendedoras ao grupo.

Não se trata apenas de um grupo no whatsapp, mas sim de um grupo solidificado, mantemos reuniões mensais entre as participantes onde discutimos assuntos pertinentes aos eventos promovidos pela Organize bem como um conteúdo bacana que possa dar apoio às expositoras em seus negócios.


Nosso planejamento para o ano de 2018 foi uma feira mensal desde a criação da Organize e Empreenda, nessa feira traríamos ao publico um leque de expositoras com produtos de qualidade e preços acessíveis.

Logo o grupo também ajuda no giro comercial entre as colaboradoras, pois cada uma torna-se cliente da outra e assim por diante.

Realizamos até o momento apenas dois eventos caracterizados como feira e temos três agendados somente para mês de Dezembro.


Nosso intuito é gerar comercialização para a mulherada que por sua vez resolveu empreender, sabemos que a micro e pequena empresaria nem sempre começam com um negócio bem solidificado, muitas começam com um estoque baixo, trabalha nas redes sociais apenas e algumas nem conhecem as ferramentas da internet que possam ajuda-las, é aí que nós entramos, ajudamos no crescimento geral do grupo, cada experiência e dica é bem vinda e juntas fazemos um negocio mais solidificado.

A Organize e Empreenda não presta apenas um agenciamento de feiras, não, nosso maior objetivo além de alavancar os negócios que chegam a nós é também trazer um conteúdo de aprendizado, consultoria e apoio para nossas expositoras.


Nosso grupo não é fechado ou obriga suas expositoras a participarem apenas dos nossos eventos, a expositora é livre para engajar o seu negócio em todo tipo de evento que lhe for oferecido, mas sentimos muita fidelidade e comprometimento das nossas colaboradoras.

Prêmio Sincomércio Guarulhos – Mulher Empreendedora 2018


Com o pouco tempo de organização de empreendedorismo, mas com seriedade e comprometimento acima de tudo, nosso nome chegou aos ouvidos do Sincomércio em Guarulhos, sindicato patronal, somos afiliadas do sindicato desde que fomos apresentadas ao mesmo por uma de nossas parceiras Gislaine (Gislaine Assessoria), mas para nossa surpresa fomos indicadas a receber o prémio Mulher Empreendedora 2018, algo que nem imaginávamos existir, algo que pelo pouco tempo de projeto nem imaginávamos que íamos receber assim de prontidão.


Por fim, fomos premiadas em 2018, não somente as administradoras, mas todas as empreendedoras que abraçaram a causa, o Projeto Organize e Empreenda não é só uma agenciadora de feiras e eventos em geral, é uma família que reflete os objetivos das colaboradoras e parceiras que desejam participar, tornando nossos os seus objetivos e tendo como obrigação fazer acontecer.

OBS - Recebemos o prêmio das mãos de uma empreendedora de sucesso Srª Luiza Trajano que é dona do Magazine Luiza, Imagina a honra rs, estávamos tremendo na base ali hauhauhau.


Um dos nossos lemas “Juntas somos mais fortes” falado desde o inicio pela ex-adm Bruna e que reflete bem o que realmente somos, uma família que deseja crescer e expandir sempre juntas.



Se você deseja fazer parte dessa família, entre em contato conosco, exponha suas ideias e trabalhos, logo caminharemos juntas.

Organize e Empreenda

Lidiane (11) 98289-3458

Kaliane (11) 94616-8755

Fotos by - Marcela Almeida (Instagram marcelaalmeidafot)



Diário de uma Mãe - 12º meses do bebê

Parabéns pra nós;

Digo "nós" porque os papais merecem um belo parabéns também.

Nossa baby Aria completou 12 meses, um aninho, foram tantas as emoções que nos trouxeram até aqui, vocês acompanham um pouco do que passamos e sabem que não é tarefa fácil cuidar de um bebê, mas a gente consegui, afinal ouvimos isso de todos à nossa volta desde o primeiro dia com o bebê nos braços e garanto, isso é a mais pura verdade.

Nossa filha nos deu vários sustos desde o nascimento, teve o lance do joelhinho inchado na maternidade, o descaso da maternidade para com a gente e por aí vai.


Não menos importante, uma das fases que me abalou muito foram as cólicas, malditas cólicas, nenhum bebê no mundo deveria ter isso, mas infelizmente alguns são premiados e a nossa foi, então passamos por esse terrível momento, mas atingimos a fase final e obtivemos nosso prêmio rs.

Agora estamos naquela agonia dos dentes, sim dentes, que por sua vez não são cólicas, mas tem a terrível igualdade em fazer o bebê sofrer, a nossa por exemplo não baba muito, mas podemos ver sua agonia em alguns momentos do dia, sofrimento mesmo, além das coceiras isso deve doer bastante, pois ela agoniza às vezes.

Por fim nossa princesa completou seus 12 meses sem caminhar ou engatinhar, confesso, nossa Aria é uma bebê bem molenga, preguiçosa que só, mas a gente acompanha a evolução junto à pediatra que por sua vez tem nos acalmado e deixado bem claro que cada bebê tem seu tempo, cada bebê evolui de uma forma e cada bebê é um bebê.


Pois bem, estamos aqui com a nossa bebê de um aninho completo, foi ontem dia 31 de Outubro que ela completou a maior idade dos bebês, agora já é uma mocinha, não podemos mais postar aqueles nudes da banheira nas redes sociais, juro que vou tentar não burlar as leis dos bebês adultos rs.

Estamos muito felizes por ter chegado até aqui com muitos e ao mesmo tempo poucos dramas, tantas pessoas passam fases com bebês que só por Deus, mas a nossa até que foi bem tranquila, por assim dizer.

Aria nunca foi uma bebê muito dada, ou enturmada, na verdade ela é bem tímida, de poucos amigos sabe, apegada com a família, à vó materna por assim dizer rs, que é a preferida da Aria no caso, nossa baby tem lá suas esquisitices rs, ahhh não vai, não diria assim, digamos que ela tem suas peculiaridades.


PAIS JULGARÃO... Até hoje nossa pequena é ruim com pedaços, alimentos, até hoje a gente bate a papinha, ela engasga demais com pedacinhos e a gente morre de medo de engasgos, a pediatra já nos deu aquele puxão de orelha, mas a gente faz o que pode.

Como ela não engatinhou, decidimos colocar ela no andador convencional, hoje em dia a moda dos bebês dita uma porção de regras, mas não quer dizer que vamos seguir todas, cada um bebê é um bebê e seus pais decidem, então pelo grau de desinteresse da nossa pequena em engatinhar colocamos ela no andador e deu super certo, ela corre para lá e para cá. 

Nossa pequena ainda não se levanta sozinha nas coisas, mas temos incentivado muito para que ela desenvolva mais as habilidades motora dela.

Ela já mostra interesse em bonecas, o que é engraçado, antes ela não curtia muito, agora ela já pega uma bonequinha ou outra que não seja a Luna (Show da Luna) que por sua vez é a personagem predileta dela.


É interessante ver a evolução de um filho, bem como a evolução dos pais, antes cheios de incertezas e medos, hoje, apos 12 meses de criação, já meio que seguros, não completamente, mas com mais firmeza. Não vou mentir, eu sou uma mãe bem medrosa, achei que nessa altura do campeonato estaria fazendo e acontecendo, mas a verdade é que sou medrosa, tenho que trabalhar esses meus medos e começar a viver a minha rotina, não a rotina do bebê, se é que me entendem.

Por mais experientes que achamos que somos, nada disso basta, todo dia aparece uma coisa nova, o que prevalece mesmo é aquele sussurro de alguém dizendo "vocês conseguem" e isso é fato, no fim tudo se ajeita, toma seu lugar, a gente vive, se adapta e ganha uma força sobre-humana, no sentido literal da palavra. 

Estou mais que feliz, estou extremamente grata por ter sido escolhida para exercer esse papel de mãe que é muito importante, ou devo dizer, essencial na vida de uma pessoinha pequena, agradeço a Deus por ter me dado essa oportunidade e nesse pacote ter me mandado uma bebê muito especial, que tem tudo a ver comigo e com o papai dela aqui na terra.


Agradeço a família e amigos que acompanharam nossos dramas e se dispõe à acompanhar o crescimento da nossa fofura cada dia que passa, são tantas coisas boas à serem compartilhadas que eu nem sei como agradecer quem nos acompanha de perto e de longe.

É muito amor envolvido rs.

Obrigada !!!!

Franjas - Tudo que vai, volta!

Olá pessoal;

Ando sumidaçaaaaa daqui, também né gente, vai ser mãe, blogueira e empreendedora pra você ver o que é bom pra tosse.

Assumi vários cargos à mais ou menos um aninho (pit pit fez aniver ontem) e não falta coisa pra fazer,o blog fica meio abandonado, mas eu nunca esqueço de vir aqui compartilhar um pouquinho da rotina, das mudanças e quando posso falamos um pouco das tendências.

Todo mundo já sabe, mas mesmo assim é engraçado de ver, a moda é como um bumerangue, vai e volta em questão de tempo, a gente dá adeus à uma tendência e daqui a pouco ela volta as vezes meio camuflada, ou não, tem vezes que vem despida mesmo com a cara e a coragem.

Eu pouco acompanho as passarelas, me atento mais às redes sóciais, as bloggers que admiro e alguns sites e blogs fashionistas, mas não tava nem sabendo desse retorno das franjas, alguém aí sabia?

Pois bem, ouvi dizer que as franjas voltaram com tudo, mas não é no corte de cabelo e sim na vestimenta, no look, da cabeça aos pés.

Normalmente ligamos franjas ao estilo boho, mas depois de u tempo as franjas viraram queridinhas e não precisava apenas estar entrelaçada ao estilo hippie, para mim passado um tempo que desvinculei das franjas, abro uma pagina da net e olha lá, as franjas voltaram, sorte que guardei uma ou duas pecinhas no armário.





Não apenas em acessórios, mas os calçados e roupas também podem ter o charme das franjas. Para alguns pode parecer meio sem sentido, mas as franjas dão um charme a mais ao look, seja ela aplicada ao que for.




Agora eu quero saber uma coisa... Você curte franjas? Vai usar a trend de novo?

Diário de uma Mãe - 11º Mês do bebê

Flash back de alguns meses atrás vai...


Há alguns meses atrás tínhamos dado start na nossa vida à três (gatão que me perdoe rs), nossa biluzinha chegou e deu mais cor aos nossos dias.

Estamos beirando os 12 meses do bebê e eu não poderia deixar de vir aqui falar como foi viver esses 11 meses, não foram fáceis, mas a gente conseguiu.

Sabe aqueles pais que estão preparados para o que der e vier?  Então não somos nós rsrsrsrsrs a gente até tem boa vontade e enfrentamos as dificuldades com foco, força e fé e obtivemos exito, ou seja, tarefa cumprida com louvor, mas... rs a gente é de carne e osso e ser pais é osso, literalmente no sentido da gíria.
Me lembro bem quando Aria estava embrulhada para presente que eu e o pai dela não nos aguentávamos de ansiedade;

Como será que ela vai ser?

Que tamanho ela vai ter?

Será que vai parecer comigo? Ou com vc? (vc rs)

Eram perguntas que não acabavam mais, e no final todas foram reveladas graciosamente, conhecemos esse bebê aqui que arranca suspiros desde a sua primeira aparição e é de todos que a conhecem ou nem conhecem pessoalmente, Aria arrebatou não apenas os nossos, mas corações mil por esse mundão de redes sociais por aí a fora.


A primeira noite com a nossa Pit foi aterrorizante no hospital rsrsrsrsrs, parece meio exagerado, mas é que ela chorou bastante e recebemos as visitas no dia seguinte como zumbis, primeiro treinamento papai e mamãe ficaram de cabelo em pé, mas no dia seguinte tudo melhorou.


A primeira semana em casa foi uma adaptação supervisionada, então foi mais ou menos tranquila, mas quando a vovó foi embora, papai e mamãe rebolaram.


Apesar das risadas a gente também chorou muito por dentro rsrsrsrs, era uma dor só ver nossa pequena se contorcer de dor de cólicas, e bota dor nisso aí, não tinha remédio que fazia efeito, nem instruções caseiras que pudesse nos ajudar, mas conseguimos sobreviver.


Após as cólicas foi só alegria, fulaninha passou a dormir a noite inteira e nós deu uma tremenda folga, mas calma, nem tudo são flores assim de cara. Os dentinhos também começam a querer, apenas a querer vir e tudo é motivo para aquele chorinho dolorido, mas a gente chega lá.


Não bastava ter uma filha com a cara (clone) do pai, a gente tem que zoar ela o máximo que a gente pode, então... vai uma goiabinha aí?


Crescimento que vem gradativamente, cada bebê é um bebê, comparações não cabem ser feitas, mas a gente faz de qualquer jeito, mas fique tranquila mamãe, o bebê evolui, de um jeito ou de outro, cada um ao seu passo e cada pai do seu jeito.


Saber que tem uma companheirinha de compras para a vida toda é uma felicidade só, o cartão de crédito sofre um pouco, o bolso dos pais também, mas a gente é feliz com um look inédito por dia, pois a gente merece, afinal é uma filha só que essa família vai ter galera (traumatizei rs).


Dá aquele sorriso... Ahhhh que delicia, ver esse sorriso assim todo dia, a gente não guenta, é foto pra lá e pra cáh, essa família é coruja demais.


Por fim parabéns para nós, chegamos aos 11 meses sem nenhum tombo (efetivo do bebê rs), os primeiros passos parecem que vão demorar um pouco mais, mas a gente é paciente (um pouco só) e sabemos que pouco a pouco a gente alcança o objetivo.


Agradeço a Deus todos os dias por ter nós dado um bem tão precioso, uma florzinha do seu jardim pra gente cuidar e embalar, ensinar e aprender com ela dia após dia. 

É interessante saber que os dias de dificuldade parecem levar um tempo mais longo a passar, as partes fáceis parecem passar rápido e quando somamos tudo parece que o tem passou mais rápido do que deveria e a gente meio que quer parar o tempo, congelar, bem aí nessa foto só para viver um pouco mais esse momento.

Tantos momentos, mas todos únicos e que não podem ser rebobinados, nossa é incrível, é até meio insano, mas é inesquecível, arrebatador, chega doer de tão bom que é ter um filho.

Para alguns parece loucura, para outros necessidade, a benção de ter um filho, mas a verdade é que é um pouco dos dois, todo mundo nessa vida deveria viver a experiência de cuidar de um ser tão frágil e receber todo o amor que ele dá bem como o amor que passa a exalar de você.

Interessante que às vezes calcula-se tudo até chegar a engravidar e tal, eu mesma me programei e tudo mais, mas os planos deixam de existir quando conhecemos nosso bebê, agora tudo gira em torno da sua necessidade, ele é a prioridade.

Nossa filha é nossa prioridade em casa, a casa gira em torno dela rs, nós giramos em torno dessa lindinha e faremos o possível para mantê-la segura, cuidada e amada o máximo que pudermos, ainda não pensamos em perdas, das fases de adulto, afinal temos tempo, mas o tempo parece correr tanto, então deixa eu correr, tenho uma fraldinha ali para trocar e olhar nos olhos da minha pequena mais uma vez e enxergar o tanto de amor que ela tem a me dar e com certeza o que eu vou retornar.

BjooOOO 

Lojinha Kaly Magricela

Oi galera, sumidaça daqui né...

Me perdoem, não é fácil conciliar profissões hauhauhau olha só, ahhhh trabalhadeira.

Enfim, vim aqui te chamar pra cuirtir minha pagina do Facebook Kaly Magricela que funciona como lojinha virtual também.


Siga-nos no instagram @kalymagricela e seja imensamente feliz escolhendo looks incríveis à precinhos camaradas.




Não é de hoje que esse sonho de manter a lojinha aberta (somente online) e é de conhecimento de todos.

Pois estamos aí, juntamente com a Organize e Empreenda lutando para esse sonho se estabelecer.

Não deixe de conferir as novidades e promoções.

BjooOOO

Diário de uma Mãe - 10° Mês do bebê

Vida que segue...

Mês passado foi uma tortura, a gengiva inchada e pra rasgar, neném chorando e chatinho toda hora, mas após apontarem seus primeiros dentinhos tudo parece ter voltado ao normal. Ou não, afinal tem mais dentes para sair do que possamos imaginar.


Bem vindos ao meu diário e nesse pequeno post gostaria de demonstrar a quantidade de aprendizado e descoberta que fazemos quando a vida te presenteia com um lindo bebê.

1° Ser mãe - inicialmente a vontade de ser mãe é tão forte, mas tão forte que você acha que após tanta pesquisa virtual, conversas com amigas mães e aquelas anotações mentais de conselhos mil que você recebeu mais aquela intuição e impulso natural já te deixaram craque na parada. ERRADO, isso tudo é como uma gota no oceano que está por vir amiga, não vou dizer que não adianta se preparar, imagina, toda informação é válida, mas você só vai entender na hora mesmo, então o que eu tenho pra te dizer é que: ser mãe não é nada fácil, mas você aprende um pouquinho mais cada dia que passa e sua opinião mesmo em meio a tantas outras de mamães mais experientes ainda assim é extremamente importante, afinal, cada experiência vivida é uma experiência.


2°  Tempo seu - logo os momentos seus começam a ficar escaço, na verdade no inicio é tudo para o bebê e dai por diante você percebe que vai ser para sempre amiga rsrsrsrsrs, mas calma, com o tempo a gente faz malabarismos e até consegue visitar uma manicure, uma depiladora, cabeleireiro, hummmm as vezes, mas a gente chega lá. A adaptação é meio brutal, mas a verdade é que você se adapta a situação de um jeito ou de outro. Não vou ser hipócrita e falar para você que é fácil, não, imagina, é um tremendo desafio, mas com a ajuda de Deus e de mãos humanas a nossa volta pode ser que você consiga lavar o cabelo uma vez na semana, mas se houver uma semana sem lavar, não se martirize, você agora é uma mãe.


3° Roupa suja - digo no sentido literal, você e seu esposo deviam ser bem tranquilos nessa questão né, pois é, mas com a chegada do bebê o cesto de roupa suja desse ser tão pequenino parece nunca ficar vazio e isso é assustador. Nós aqui de casa, lavamos roupas diariamente, haja água e energia elétrica, olha que Aria já cresceu e hoje em dia a gente ainda mantém essa rotina insana das roupas, quando deixamos por mais de um dia o cesto fica enorme e o medo da indisponibilidade das peças a gente lava depressa e passa em seguida. Aria agradece hauhauhauhau.


4° Body Quimono - a melhor coisa que já inventaram na vida foram os body's estilo quimono para bebês, ele tem abertura total em suas laterais e você fica livre de fazer o bebê chorar ao vestir ou mesmo de passar raiva tentando enfiar cabeça e braços numa peça de roupa tão minuscula, que por sua vez foi comprada por você pois era tão maravilhosa, mas para vestir só Deus na causa. Então, chega de sofrer, body quimono acaba com a sua tortura e a do bebê.


5° Pagando a linguá - antes e até depois de me tornar mãe eu fiz uma porção de planos, disse que ia fazer e o que não faria, mas quando o bebê está no braço meu amor, a realidade é outra, muitas pagadas de linguá vem pela própria criança, tem coisa que a gente não controla, então é bom manter a mente aberta, não encanar com assuntos que não tem uma relevância expressiva, apenas viva o momento, tente manter a calma, cada família é uma família e cada criança é uma criança. Você não pode nem deve corrigir pessoas ao seu redor, bem como as pessoas não devem te corrigir, se você tem um plano familiar tente mantê-lo, mas seja maleável para aceitar as mudanças que podem surgir ao longo da vida.


6° Medo e insegurança - eu sou incrivelmente medrosa com exposição física do meu bebê, isso é extremamente ruim, mas eu estou tentando mudar isso, sinto como se o mundo conspirasse para algo de mal acontecer, paranoia eu sei, mas é coisa de mãe. Eu sei que ninguém pode viver numa bolha, estou tentando melhorar esse meu lado super protetor, deixar a insegurança de lado, pois o hoje o bebê está nos braços, mas cada dia que passa ele vai crescer, aprender e parece que se afasta de nós dia após dia rs. Aria por exemplo prefere a vovó quando a mesma está por perto, obvio que isso não me incomoda, mas saber que a criança vai fazer suas próprias escolhas e sair por esse mundão aí qualquer dia é apavorante. Fazendo terapia em 3..2.1.


7° Hipotermia - "diminuição excessiva da temperatura normal do corpo"; Quando você pensa que sabe tudo, aí que você não sabe de nada. Nossa baby Aria é exclusiva até em certos sintomas, vacinamos ela outro dia e algumas vezes ela teve reação, outras não e isso sempre foi meio esporádico, só que dessa vez ela nós deu um baita susto, a temperatura começou a cair rapidamente, percebemos que ela estava meio fria mesmo bem agasalhada, tentamos manter o ambiente quentinho e ela bem cobertinha, mas nada adiantava, corremos para o Pronto Socorro com uma bebê aparentemente normal, porém com temperatura de 33° acreditam? Pois é, segundo o diagnostico médico esse sintoma é incomum mas normal, ela raramente tem febre, então temos que ficar em alerta com a tal hipotermia. Vivendo e aprendendo.


8° Vovozona - aqui em casa quem manda é a vovó, minha mãe arrebatou o coração da Aria e hoje ela a preferida. Não importa a hora nem o lugar, o colo preferido será sempre da vovó, ela rejeita até a mim que sou mãe e se joga nos braços da vovozinha dela. Eu não sou ciumenta, mas o papai fica meio triste hauhauhau, ela sempre prefere a vovó, não tendo vovó no jogo a mamãe assume o lugar de destaque e por aí vai, sem mamãe o papai assume e a gente dança conforme a música. Essas crianças aprontam cada uma rsrsrsrsrs, gente quem poderia imaginar que um bebê ia ter tanta opinião, a menina chega a chorar de nervoso quando vê uma foto da vovó em casa.


9° Convênio Médico - eu mudei de convênio médico a pouco tempo, usava Porto Seguro enquanto era colaboradora de uma empresa e ao sair eu optei por mudar de plano, peguei um que já conhecia, pelo preço valia muito a pena, meu plano atual pertence a Unimed Guarulhos, não é um convênio TOP, mas atendeu minhas expectativas por um bom tempo enquanto usei anteriormente, conhecia apenas a estrutura adulta do plano, ao conhecer a parte pediátrica fui surpreendida com um péssimo atendimento e estrutura física do hospital horrível, é fato que SUS é terrível para toda a população, eu mesma morro em casa, mas não me movo para ir à um hospital público aqui em Guarulhos, só que fui infeliz na minha escolha pela Unimed, o hospital infantil é muito feio, as instalações lembram o SUS em seus piores aspectos, atendimento bem meia boca, equipe total despreparada ou desleixada, não se sabe, se arrependimento matasse... Infelizmente tenho que manter o contrato por 12 meses completos, mas enfim, agora aprendi que antes de fechar qualquer plano é melhor conhecer o hospital pediátrico pessoalmente.


10° Escolinha - dúvida cruel bate no peito, nossa pituca completa 1 aninho já já e a gente tá mega ansioso e tals, ano que vem é o ano da decisão, vamos colocar ela na escola sim ou não? Vários fatores influenciam essa tomada de decisão, a gente não quer deixar ela em casa pra ter um desenvolvimento bacana com interação real com outras crianças, temos amigos que tem experiência com essa fase e que acharam ótimo ter colocado o bebê na escola,, já outros mantiveram os filhos em casa até os 3 anos e também acham ótima essa decisão, enfim, bate aquele medinho, aquela insegurança, será que vai ou não vai? Enfim, estamos analisando todos os fatores, eu sei que falta muito (pouco rs), mas é que eu sou ansiosa mesmo rs, me diz aí o que você faria ou fez nessa fase.


Bom, para finalizar, nossa Aria está para completar seus 11 meses e a gente louco pra ver ela andar, mas a menina é preguiçosa gente, vocês nem imaginam, achamos que ela nem engatinhar vai, pulamos essa expectativa, bora logo para a caminhada, mas ela nem se levanta ainda em nada, contra muitas teorias de mãezinhas por aí nós vamos testar o andador, pelo menos para ver se ela da uma alavancada nessa questão, contando com a sorte é claro.

Fico por aqui e me desejem sorte vai, ainda tem um longo caminho pela frente.

BjooOOO

Organize & Empreenda - Evento 29/09/2018

Olá minha gente, tudo bem com vocês?

A poeira baixou forte aqui no blog, mas a vontade de postar nunca morre, só queria dizer para os bravos seguidores que mesmo na falta de postagem passam por aqui: Muito Obrigada !!!

Vocês são essenciais para essa pobre aspirante a fashionista e empreendedora continue aqui de pouco a pouco, afinal de contas a nossa voz através dessas poucas e as vezes muitas palavras digitadas não podem ser calada.

Vamos ao que interessa, lembra que falei um pouco aqui sobre a Organize & Empreenda certo?

Então... Nosso primeiro evento aconteceu e foi um sucesso, agora estamos mais uma vez em busca de crescimento e nosso próximo evento já tem data, hora e local, tudo está sendo milimetricamente planejado para receber o publico que são vocês e seus familiares.

Pensem numa tarde cheia de atrações, expositoras mil para você se deliciar conhecendo e adquirindo produtos de ótima qualidade e muito bom gosto, tudo isso num espaço bem especial, fechado e reservado especialmente para você e sua família.



Quem organiza esse projeto? Eu, Lidy e Bruna, estamos a frente da Organize & Empreenda, nosso objetivo é juntar micro e pequenas empreendedoras, que por sua vez almejam conquistar seu espaço no mercado de trabalho de forma independente, talvez sozinha seja mais difícil, talvez no meio do caminho as lutas podem abater, fazer você querer parar, mas a Organize & Empreenda está aqui para ajudar, JUNTAS SOMOS MAIS FORTES, juntas vai ser difícil nos parar, juntas chegaremos lá.

Com muito foco, força e fé, nos dedicamos a conquistar mulheres que assim como nós (mãezinhas, guarulhenses e por fim empreendedoras) queriam alavancar seus negócios, fomos a luta e realizamos nossa primeira feira de empreendedorismo, popularmente divulgada e conhecida como BAZAR, lá nos reunimos para oferecer nossos produtos ao publico em geral.

O evento é livre, aberto o dia inteiro com entrada franca, pode acreditar que lá você vai encontrar tudo e muito mais, ahhh e não pense que vai passar fome kkk, teremos um cardápio variado dessa vez.



Contamos com um grupo de mulheres dedicadas e prestativas, entrar nesse grupo não significa que está entrando apenas numa rodada de negócios, entrar nesse grupo significa fazer parte de uma família, onde você encontrará todo apoio e consultória necessária tanto para você quanto para o seu negócio.


O Kaly Magricela blog e lojinha no instagram já faz parte dessa família que é a Organize & Empreenda e se você quer juntar forças conosco venha conhecer o projeto através das nossas redes sociais.

As fotos dessa postagem foram tiradas pela nossa fotografa oficial Marcela, quem quiser conhecer o trabalho dela entra no insta aqui e segue que ela é maravilhosa.



Abaixo as organizadoras no clima do nosso desfile, mas passamos longe de ser TOP MODELS kkkkk.

Um clique mais que especial com a nossa embaixadora Mhel Lancerotti, a Mhel é muito importante para nós, confiou no nosso projeto desde o inicio, abriu as portas da TV Destaque em Guarulhos e nos deu credibilidade perante seus telespectadores, como apresentadora do programa Conexão Mulher ela leva alegria e muito mais às mulheres que acordam todos os dias e ligam a tv para começar seus afazeres, além das internautas ligadas na Mhel.


Se você gosta da nossa iniciativa, é mulher, empreendedora, mora em Guarulhos, nos procure, pesquise sobre nós e entre em contato para fazer parte o quanto antes dessa adorável, família.

Sou grata a Deus e às minha amigas da Organize & Empreenda por me deixarem fazer parte dessa família maravilhosa que eu espero ver ainda maior do que já é hoje.

Nosso próximo evento acontece:

Data: 29/09/2018
Hora: 11:00 às 20:00 hs
Local: Espaço Maju Festa 
Endereço: Rua Líbano, 453 Jd. São Francisco / Guarulhos-SP

Além de você estar visitando um evento de exposição e venda de produtos, também estará conhecendo um espaço para festas maravilhoso administrado pelas irmãs Talita e Sabrina que por sua vez abraçaram nossa causa.

Espero você lá heim, ENTRADA FRANCA.

BjooOOO
 

criado e codificado para o blog Kaly Magricela
cópia proibida © 2015