Diário de uma Mãe - 10° Mês do bebê

Vida que segue...

Mês passado foi uma tortura, a gengiva inchada e pra rasgar, neném chorando e chatinho toda hora, mas após apontarem seus primeiros dentinhos tudo parece ter voltado ao normal. Ou não, afinal tem mais dentes para sair do que possamos imaginar.


Bem vindos ao meu diário e nesse pequeno post gostaria de demonstrar a quantidade de aprendizado e descoberta que fazemos quando a vida te presenteia com um lindo bebê.

1° Ser mãe - inicialmente a vontade de ser mãe é tão forte, mas tão forte que você acha que após tanta pesquisa virtual, conversas com amigas mães e aquelas anotações mentais de conselhos mil que você recebeu mais aquela intuição e impulso natural já te deixaram craque na parada. ERRADO, isso tudo é como uma gota no oceano que está por vir amiga, não vou dizer que não adianta se preparar, imagina, toda informação é válida, mas você só vai entender na hora mesmo, então o que eu tenho pra te dizer é que: ser mãe não é nada fácil, mas você aprende um pouquinho mais cada dia que passa e sua opinião mesmo em meio a tantas outras de mamães mais experientes ainda assim é extremamente importante, afinal, cada experiência vivida é uma experiência.


2°  Tempo seu - logo os momentos seus começam a ficar escaço, na verdade no inicio é tudo para o bebê e dai por diante você percebe que vai ser para sempre amiga rsrsrsrsrs, mas calma, com o tempo a gente faz malabarismos e até consegue visitar uma manicure, uma depiladora, cabeleireiro, hummmm as vezes, mas a gente chega lá. A adaptação é meio brutal, mas a verdade é que você se adapta a situação de um jeito ou de outro. Não vou ser hipócrita e falar para você que é fácil, não, imagina, é um tremendo desafio, mas com a ajuda de Deus e de mãos humanas a nossa volta pode ser que você consiga lavar o cabelo uma vez na semana, mas se houver uma semana sem lavar, não se martirize, você agora é uma mãe.


3° Roupa suja - digo no sentido literal, você e seu esposo deviam ser bem tranquilos nessa questão né, pois é, mas com a chegada do bebê o cesto de roupa suja desse ser tão pequenino parece nunca ficar vazio e isso é assustador. Nós aqui de casa, lavamos roupas diariamente, haja água e energia elétrica, olha que Aria já cresceu e hoje em dia a gente ainda mantém essa rotina insana das roupas, quando deixamos por mais de um dia o cesto fica enorme e o medo da indisponibilidade das peças a gente lava depressa e passa em seguida. Aria agradece hauhauhauhau.


4° Body Quimono - a melhor coisa que já inventaram na vida foram os body's estilo quimono para bebês, ele tem abertura total em suas laterais e você fica livre de fazer o bebê chorar ao vestir ou mesmo de passar raiva tentando enfiar cabeça e braços numa peça de roupa tão minuscula, que por sua vez foi comprada por você pois era tão maravilhosa, mas para vestir só Deus na causa. Então, chega de sofrer, body quimono acaba com a sua tortura e a do bebê.


5° Pagando a linguá - antes e até depois de me tornar mãe eu fiz uma porção de planos, disse que ia fazer e o que não faria, mas quando o bebê está no braço meu amor, a realidade é outra, muitas pagadas de linguá vem pela própria criança, tem coisa que a gente não controla, então é bom manter a mente aberta, não encanar com assuntos que não tem uma relevância expressiva, apenas viva o momento, tente manter a calma, cada família é uma família e cada criança é uma criança. Você não pode nem deve corrigir pessoas ao seu redor, bem como as pessoas não devem te corrigir, se você tem um plano familiar tente mantê-lo, mas seja maleável para aceitar as mudanças que podem surgir ao longo da vida.


6° Medo e insegurança - eu sou incrivelmente medrosa com exposição física do meu bebê, isso é extremamente ruim, mas eu estou tentando mudar isso, sinto como se o mundo conspirasse para algo de mal acontecer, paranoia eu sei, mas é coisa de mãe. Eu sei que ninguém pode viver numa bolha, estou tentando melhorar esse meu lado super protetor, deixar a insegurança de lado, pois o hoje o bebê está nos braços, mas cada dia que passa ele vai crescer, aprender e parece que se afasta de nós dia após dia rs. Aria por exemplo prefere a vovó quando a mesma está por perto, obvio que isso não me incomoda, mas saber que a criança vai fazer suas próprias escolhas e sair por esse mundão aí qualquer dia é apavorante. Fazendo terapia em 3..2.1.


7° Hipotermia - "diminuição excessiva da temperatura normal do corpo"; Quando você pensa que sabe tudo, aí que você não sabe de nada. Nossa baby Aria é exclusiva até em certos sintomas, vacinamos ela outro dia e algumas vezes ela teve reação, outras não e isso sempre foi meio esporádico, só que dessa vez ela nós deu um baita susto, a temperatura começou a cair rapidamente, percebemos que ela estava meio fria mesmo bem agasalhada, tentamos manter o ambiente quentinho e ela bem cobertinha, mas nada adiantava, corremos para o Pronto Socorro com uma bebê aparentemente normal, porém com temperatura de 33° acreditam? Pois é, segundo o diagnostico médico esse sintoma é incomum mas normal, ela raramente tem febre, então temos que ficar em alerta com a tal hipotermia. Vivendo e aprendendo.


8° Vovozona - aqui em casa quem manda é a vovó, minha mãe arrebatou o coração da Aria e hoje ela a preferida. Não importa a hora nem o lugar, o colo preferido será sempre da vovó, ela rejeita até a mim que sou mãe e se joga nos braços da vovozinha dela. Eu não sou ciumenta, mas o papai fica meio triste hauhauhau, ela sempre prefere a vovó, não tendo vovó no jogo a mamãe assume o lugar de destaque e por aí vai, sem mamãe o papai assume e a gente dança conforme a música. Essas crianças aprontam cada uma rsrsrsrsrs, gente quem poderia imaginar que um bebê ia ter tanta opinião, a menina chega a chorar de nervoso quando vê uma foto da vovó em casa.


9° Convênio Médico - eu mudei de convênio médico a pouco tempo, usava Porto Seguro enquanto era colaboradora de uma empresa e ao sair eu optei por mudar de plano, peguei um que já conhecia, pelo preço valia muito a pena, meu plano atual pertence a Unimed Guarulhos, não é um convênio TOP, mas atendeu minhas expectativas por um bom tempo enquanto usei anteriormente, conhecia apenas a estrutura adulta do plano, ao conhecer a parte pediátrica fui surpreendida com um péssimo atendimento e estrutura física do hospital horrível, é fato que SUS é terrível para toda a população, eu mesma morro em casa, mas não me movo para ir à um hospital público aqui em Guarulhos, só que fui infeliz na minha escolha pela Unimed, o hospital infantil é muito feio, as instalações lembram o SUS em seus piores aspectos, atendimento bem meia boca, equipe total despreparada ou desleixada, não se sabe, se arrependimento matasse... Infelizmente tenho que manter o contrato por 12 meses completos, mas enfim, agora aprendi que antes de fechar qualquer plano é melhor conhecer o hospital pediátrico pessoalmente.


10° Escolinha - dúvida cruel bate no peito, nossa pituca completa 1 aninho já já e a gente tá mega ansioso e tals, ano que vem é o ano da decisão, vamos colocar ela na escola sim ou não? Vários fatores influenciam essa tomada de decisão, a gente não quer deixar ela em casa pra ter um desenvolvimento bacana com interação real com outras crianças, temos amigos que tem experiência com essa fase e que acharam ótimo ter colocado o bebê na escola,, já outros mantiveram os filhos em casa até os 3 anos e também acham ótima essa decisão, enfim, bate aquele medinho, aquela insegurança, será que vai ou não vai? Enfim, estamos analisando todos os fatores, eu sei que falta muito (pouco rs), mas é que eu sou ansiosa mesmo rs, me diz aí o que você faria ou fez nessa fase.


Bom, para finalizar, nossa Aria está para completar seus 11 meses e a gente louco pra ver ela andar, mas a menina é preguiçosa gente, vocês nem imaginam, achamos que ela nem engatinhar vai, pulamos essa expectativa, bora logo para a caminhada, mas ela nem se levanta ainda em nada, contra muitas teorias de mãezinhas por aí nós vamos testar o andador, pelo menos para ver se ela da uma alavancada nessa questão, contando com a sorte é claro.

Fico por aqui e me desejem sorte vai, ainda tem um longo caminho pela frente.

BjooOOO

Organize & Empreenda - Evento 29/09/2018

Olá minha gente, tudo bem com vocês?

A poeira baixou forte aqui no blog, mas a vontade de postar nunca morre, só queria dizer para os bravos seguidores que mesmo na falta de postagem passam por aqui: Muito Obrigada !!!

Vocês são essenciais para essa pobre aspirante a fashionista e empreendedora continue aqui de pouco a pouco, afinal de contas a nossa voz através dessas poucas e as vezes muitas palavras digitadas não podem ser calada.

Vamos ao que interessa, lembra que falei um pouco aqui sobre a Organize & Empreenda certo?

Então... Nosso primeiro evento aconteceu e foi um sucesso, agora estamos mais uma vez em busca de crescimento e nosso próximo evento já tem data, hora e local, tudo está sendo milimetricamente planejado para receber o publico que são vocês e seus familiares.

Pensem numa tarde cheia de atrações, expositoras mil para você se deliciar conhecendo e adquirindo produtos de ótima qualidade e muito bom gosto, tudo isso num espaço bem especial, fechado e reservado especialmente para você e sua família.



Quem organiza esse projeto? Eu, Lidy e Bruna, estamos a frente da Organize & Empreenda, nosso objetivo é juntar micro e pequenas empreendedoras, que por sua vez almejam conquistar seu espaço no mercado de trabalho de forma independente, talvez sozinha seja mais difícil, talvez no meio do caminho as lutas podem abater, fazer você querer parar, mas a Organize & Empreenda está aqui para ajudar, JUNTAS SOMOS MAIS FORTES, juntas vai ser difícil nos parar, juntas chegaremos lá.

Com muito foco, força e fé, nos dedicamos a conquistar mulheres que assim como nós (mãezinhas, guarulhenses e por fim empreendedoras) queriam alavancar seus negócios, fomos a luta e realizamos nossa primeira feira de empreendedorismo, popularmente divulgada e conhecida como BAZAR, lá nos reunimos para oferecer nossos produtos ao publico em geral.

O evento é livre, aberto o dia inteiro com entrada franca, pode acreditar que lá você vai encontrar tudo e muito mais, ahhh e não pense que vai passar fome kkk, teremos um cardápio variado dessa vez.



Contamos com um grupo de mulheres dedicadas e prestativas, entrar nesse grupo não significa que está entrando apenas numa rodada de negócios, entrar nesse grupo significa fazer parte de uma família, onde você encontrará todo apoio e consultória necessária tanto para você quanto para o seu negócio.


O Kaly Magricela blog e lojinha no instagram já faz parte dessa família que é a Organize & Empreenda e se você quer juntar forças conosco venha conhecer o projeto através das nossas redes sociais.

As fotos dessa postagem foram tiradas pela nossa fotografa oficial Marcela, quem quiser conhecer o trabalho dela entra no insta aqui e segue que ela é maravilhosa.



Abaixo as organizadoras no clima do nosso desfile, mas passamos longe de ser TOP MODELS kkkkk.

Um clique mais que especial com a nossa embaixadora Mhel Lancerotti, a Mhel é muito importante para nós, confiou no nosso projeto desde o inicio, abriu as portas da TV Destaque em Guarulhos e nos deu credibilidade perante seus telespectadores, como apresentadora do programa Conexão Mulher ela leva alegria e muito mais às mulheres que acordam todos os dias e ligam a tv para começar seus afazeres, além das internautas ligadas na Mhel.


Se você gosta da nossa iniciativa, é mulher, empreendedora, mora em Guarulhos, nos procure, pesquise sobre nós e entre em contato para fazer parte o quanto antes dessa adorável, família.

Sou grata a Deus e às minha amigas da Organize & Empreenda por me deixarem fazer parte dessa família maravilhosa que eu espero ver ainda maior do que já é hoje.

Nosso próximo evento acontece:

Data: 29/09/2018
Hora: 11:00 às 20:00 hs
Local: Espaço Maju Festa 
Endereço: Rua Líbano, 453 Jd. São Francisco / Guarulhos-SP

Além de você estar visitando um evento de exposição e venda de produtos, também estará conhecendo um espaço para festas maravilhoso administrado pelas irmãs Talita e Sabrina que por sua vez abraçaram nossa causa.

Espero você lá heim, ENTRADA FRANCA.

BjooOOO

Blazer Boyfriend - Onde encontrar @kalymagricela

Eu não sei você, mas eu sempre amei as tendências boyfriend, nessa fase mãe então fica tudo muito perfeito, pois o que era ajustado não cabe mais e o que é boyfriend fica perfeitamente perfeito rs.

A trend boyfriend não é uma novidade, a gente já viu isso a tempos atrás, mas nunca é tarde para começar a fazer uso de uma boa tendência, uma que marca, que lhe cai bem, que seja levemente elegante, na medida.

Essa modinha por assim dizer resumi-se em usar uma roupa mais larguinha, dando o ar de que pegou emprestada do boy, roupa do namorado ou algo assim, mas a real é que o estilo boyfriend é um estilo que uni conforto e fashionismo num só look.




Fiz uma combinação básica com o meu blazer extremamente perfeito, não é para me gabar não, mas é que ele está disponível na minha lojinha no insta @kalymagricela além de muso, veste super bem, não precisa ficar preocupada com os ombros, se o tamanho for o certo você estará livre de ombreiras de mais, ultrapassando a linha do seu corpo.

Combinado a uma t-shirt estampada, calça jeans e uma mule flat o look ficou cool, classudo e nada nada básico, porém trata-se de um look que ai do supermercado a uma saidinha a noite para descontrair, talvez mudemos o sapato a noite, acrescentando uma botinha ou algo com salto, mas o resto se mantém. 

Tô fando que nem mãe né kkkk uma ida ao supermercado, mas é que não trabalho mais fora, então ir ao supermercado para uma mãezinha é um evento (entendedoras entenderão).

Pois bem, um look boyfriend unido ao xadrez príncipe de gales que é tendência absoluta (quando vamos parar de usar? talvez eu nunca) ficou assim "tem que ter", eu já coleciono umas peças xadrez e não tenho intenção nenhuma de me desfazer, não tem essa de primavera/ verão estão aí, blazer é blazer amiga, tem que ter um baphônico no armário para qualquer dia, qualquer hora.




Vejam as inspirações, vai com exatamente tudo, saia, vestido, calça, shorts, não importa a parte de baixo, brinque e seja você.

Imaginem e montem seus looks, usem e abusem, se você ainda não tem o seu, corre na minha lojinha @kalymagricela enviamos para todo o Brasil.



OBS: se morar em Guarulhos rola um Delivery.

BjooOOO

Diário de uma Mãe - 9º Mês do bebê

Não sei se dou conta ou peço as contas!!!

Já começo com essa frase pra deixar bem clara, nada nessa vida é sabido se você realmente não viver aquilo.

Eu fui uma garota ingenua boa parte do tempo enquanto jovenzinha, logo que os boletos chegaram a vida tomou outro rimo, trabalhar para ter e querer ter para trabalhar, parece meio egoísta, mas é bem por aí.


Nem tudo nessa vida envolve felicidade plena, o pacote completo só quem deve ter mesmo são os afortunados $$ mas a realidade é que nunca saberemos (estou longe de me afortunar), porém o que vivi até aqui serviu para saber de uma certa coisa: ser mãe não é nada fácil.

Quem me conhece, conhece mesmo, pessoalmente, vida real, vem em casa, já me viu sem make (vocês já me viram desmontada hauhauhau ?) quem sabe que por baixo daquela base toda tem uma mãe sofredora e exausta, pois bem, nem tudo nessa vida são flores.


Uma palavra para definir essa melação e desabafo todo DENTINHOS, sim minha gente, os dentinhos parecem querer chegar e foi dada a largada de chororô de madrugada, febres sem precedentes, brigas insanas contra o sono, gritos e nervoso a perder de vista, resumindo, um bebê bem chatinho que chega a dar dó, pois sei que por baixo dessa camada de bebê chorão tem um bebê com muita dor.

Paciência? Quem é, não conheço, essa falta bastante aqui em casa, quando pensava que a privação de sono havia ido embora para nunca mais voltar (pensei ter ido com as cólicas) olha eu aqui de novo, surpresa, e quem disse que a gente tem força pra manter-se em pé, nenhuma.


O bebê não tem a menor culpa, isso já é sabido, mas meu senhor Jesus Cristo, isso é realmente necessário?

Desisto de perguntar para certas mães (perfects) que conheço, pois seus filhos por sinal passaram por essa fase de dentição com louvor, querida, aqui tem choro toda a noite e tá começando a se alongar pelo dia, tô ficando com medo.

O fazer para melhorar isso? Não vou nem listar aqui toda dica, todo tipo de medicação, pomadinha e tudo mais que se usa, meu bem, isso só serve mesmo pra dar um ponto para os pais dizerem: fiz algo pelo meu filho. 


No fim, a dor volta, o choro continua, a noite é sempre longa e as olheiras começam a fazer parte da rotina da mãe.

As coisas boas?

Nosso bebê bate palminha, tá dando os braços (coisa que não fazia rs), chama pela mamãe (mãmã) e já prefere a mamãe à qualquer outra pessoa (pai ta P da vida rs).

Cada dia que passa nossa filha avança, tudo a seu tempo, preguiçosa ela sempre vai ser rs, isso é fato, mas tem um momento certo para cada coisa, cada bebê é um bebê, isso ninguém pode negar.


Estamos perto do primeiro aninho e já comecei a me animar com o tema da festa, já passaram várias coisas na minha mente, mas ainda não me decidi, acho que vai ser algo meio genérico, não pretendo fazer nenhum personagem, não dessa vez, porque eu sei que as outras vão ser um sequência interminável de festas de personagens, vou me dar esse luxo só um pouquinho.

Ahhh, não sei se contei e mudamos de médica, tem sido bem bacana, não tivemos muito que correr atrás dela pra urgências em casa, mas dia desses entrei em contato via whatsapp e ela nos atendeu prontamente, pelo menos isso.

Tomamos a vacina da gripe, primeira dose, graças a Deus não tivemos reação, porém chegou a hora de tomar a segunda dose e Aria está resfriada, tratando em casa com inalação, sorinho no nariz e um xarope para tosse, mas não sei não, acho que a segunda dose vai ser com um pouco de resfriado e isso me deixa morrendo de medo, mas fazer o que, não podemos perder a data final.


Para finalizar quero pedir que me desculpem pelo desabafo, não sou de guardar gente, falo o que dá na telha e aqui é meu canal de desabafo, estou demorando um pouco de postar, mas acreditem, não está sendo fácil rs, a pessoa aqui não tá dando muita conta de tudo, ficar em casa por sua vez é mesmo como dizem, mais trabalhoso do que parece.

Se tiverem uma dica para a dentição, me manda aí, todo conselho é bem vindo.

BjooOOO

Organize & Empreenda - Evento 18/08/2018


Nada acontece por acaso, se pensou que conheceu aquela pessoa, tropeçou e se atrasou, não foi naquele evento, saiu mais cedo, cruzou fulano ou algo assim por pura coincidência, esquece, esse papo de coincidência é puro besteirol, eu vou te contar uma coisa, tudo acontece com a permissão de Deus.

Eu conheci uma moça à anos atrás, animada ao extremo, empolgada ao supremo, alegre aos trezentos, não fez muito sentido, mas você vai entender, o nome dela é Lidiane, tó falando da garota aí no meio da fotografia, a gente papeou em almoços pois trabalhávamos juntas, sonhamos com momentos e momentos, mas os anos se passaram e nos separáramos, apenas do trabalho, mas mantivemos contato. Após esses anos que se passaram nos juntamos de novo e olha que loucura, ela me apresentou a Bruna (loira da foto) que por sua vez só conhecia Lidy pela internet e num encontro bem informal decidimos montar um grupo de empreendedorismo para alavancar nossos negócios, Bruna (Moda Infantil), Lidy (Moda Elegante) e eu Moda Fashion (Kaly Magricela).

Tudo deu tão certo, nossas ideias e pensamentos bateram de tal forma que divulgamos nossa ideia e reunimos um grupo que hoje consiste em pouco mais de 30 empreendedoras só de Guarulhos que abraçaram essa causa conosco. 


Foto by Marcela Almeida 

Nosso grupo se chama Organize e Empreenda, as moças aí de cima são as idealizadoras e administradoras, nosso objetivo é juntar forças com empreendedoras da cidade de Guarulhos onde juntas possamos alavancar nossos negócios.

Primeiro passo para fazer parte é, entre em contato com as ADM através do instagram Organize e Empreenda, lá daremos todas as informações, mas para te adiantar já falo que não é cobrado nenhuma taxa para fazer parte desse grupo, mensalmente nos reunimos em um coffee para elaborar projetos, projetos do tipo exposição e venda de produtos, toda elaboração dos eventos é iniciada e finalizada no coffee, todas as nossas parceiras são ouvidas e tudo é levado em consideração, com a o OK da maioria iniciamos os eventos.

Esse mês de agosto acontecerá nossa primeira exposição/ feira de empreendedorismo.

Evento aberto ao publico, entrada franca, pode levar marido, filho, mãe, vó e vovô, venham se distrair e se divertir conhecendo os produtos das nossas parceiras, não pense que só teremos itens de moda, não, imagina, tem comidinhas, cosméticos, papelaria, decoração, fotografia, festa e muito mais.

É um evento completo, da entrada até a saída, vai acontecer no Buffet Festa, o endereço no panfleto abaixo e convite acima, você não pode perder e lembre-se ENTRADA FRANCA.



Por isso que eu falo: nada é por acaso.

Conto com vocês lá hauhauhau bjs.

OBS: a Kaly Magricela e outras expositoras vão promover um desfile às 15:00 hs, vocês não podem perder.

Trend Alert: Tênis Chunky

Você já deve ter visto alguém por aí com um tênis enorme no pé certo?

A gente até falou aqui sobre tênis grandes e tals, mas o negocio tá fervendo, então decidi fazer mais um post pra inspirar.


Denominado chunky sneakers, num dizer popular um tênis mais robusto, grandão, que chame bem a atenção. Olhares meio duvidosos são bem possíveis de ser arrancados pois não é fácil usar ou olhar pra essa tendência sem se espantar, mas se você é uma aspirante a fashionista como eu, pode até ter tido um in lovezinho pelo tênis.



Não sejamos hipócritas em dizer que é uma trend fácil, pois não é, você olha e olha outra vez, pensa mil vezes com o que e como poderá usar, mas venhamos né querida, vamos consultar o consultor de moda mais assertivo de todos os tempos, não tem como não conseguir se inspirar no Pinterest então toma inspiração.




Esses coloridões são super legais, da pra dar uma diversificada no look com humor, tem cara de tênis antigão e é bem isso mesmo. Parece que a moda agora é ser feio. Aí você me pergunta: eu tenho que ser feio pra estar na moda?

Não é bem isso meu amigo, só quero dizer que parece que aquele jeitão largado de ser vem tomando conta do street style, o que é mais confortável fez a cabeça de fashionistas e tudo parece estar mais largo que ajustado ao corpo.

Fato é que nem todo mundo aderiu a esse novo conceito, mas a gente pode até misturar peças, uma mom jeans e um top ajustado da um look mais que lindo, vocês sabem bem.



Nas passarelas a grife Louis Vuitton apostou no Chunky Sneakers e o modelo está em tudo que é pé de fashionista por aí, achei digno, pena que não cabe no meu bolso, mas podemos encontrar inspirações mil de marcas brasileiras e baratinhas para encarar um look largadão, modo de dizer.


Pegada futurista tem esse tênis aí né, eu achei maravilhoso, estranho, mas maravilhoso, tem como compor diversos looks e aerolooks, que é quando as blogueirinhas postam seus looks de viagens, quem não quer viajar confortável sem ter que pensar em salto alto.




Para encontrar uma inspiração basta pesquisar CHUNKY SNEAKERS no google que vai aparecer um montão de opção.


Das marcas mais variadas que você pode encontrar, eu até curti muito o da Schutz, mas não estou disposta a investir tanto assim em algo que provavelmente pode perder força rápido, mas como queria muito provar a tendência encontrei esse modelo aqui da Ramarim e garanti o meu, ainda está pra chegar, mas pretendo gastar o investimento por um bom tempo.

Não chega a ser muito gigante, mas tem um designe bacana, futurista e mesmo assim basicão.


Fico por aqui com mais uma trend e vejamos no que vai dar.

BjooOOO

Diário de uma Mãe - 8º Mês do bebê

Há dias estou tentando escrever esse post, essa publicação estava na minha mente, mas não tinha tempo, a falta de tempo aqui é constante, mas a gente tenta e vai tentando.

Aria está prestes a fazer nove meses, eu estou muito feliz que nosso precioso bebê cresce e aparece a cada dia (roubando frases do Show da Luna) hauhauhauhau.


Esse oitavo mês foi de aprendizagem, não sei se comentei mês passado, mas Aria não estava sentando com quase oito meses e estávamos extremamente preocupados, uma semana depois de a médica pediatra sugerir dez sessões de fisio terapia ela começou a sentar muito bem, graças a Deus, não precisamos da fisio e foi um alívio.

As conquistas do bebê vem acompanhadas de preocupações para os pais, ainda não chegamos nos primeiros passos, mas já estamos nos preparando para isso, atualmente Aria demonstra sinais de que os primeiros dentes estão para sair, não baba, mas coça bastante a gengiva e está extremamente nervosa, é uma graça, a gente cai na risada quando ela fica chateada com algo começa a bater no que tem perto dela ou na gente, joga as bonecas ou brinquedos no chão e por aí vai, gente estamos falando de um bebê, como não achar graça das birras, pelo menos por enquanto.


Nós sabemos que ela sofre com a chegada desses dentes, mas tentamos dar um conforto com aplicação de remedinhos indicados para essa fase, Camomilina C é nossa aliada, Paracetamol nos acompanha há tempos e chá de camomila tem sido feito diariamente aqui em casa.

Mordedores espalhados por todo canto da casa, nos carros, na casa da vó, todos os ambientes preparados para aconchegar nossa TucTuc (diminutivo de pituca, apelido que a vovó deu).

No oitavo mês fizemos o Arraiá da Aria aqui em casa, foi divertidíssimo, embora ela não tenha soltado um sorriso se quer na hora das fotos.


Esse foi o mês em que trocamos de convênio médico, de Porto Seguro para Unimed Guarulhos, com isso foi necessário trocarmos de pediatra, se bem que já estava na hora, a pediatra da Aria não estava nos agradando, tínhamos um contato e mãos, na verdade a pediatra atual nos atendeu numa das primeiras consultas da Aria, gostamos muito dela e retornamos.

Pediatra é um caso sério, acho que todo médico né, a gente se sente a vontade com alguns e com outros tão pouco, eu não sou extremamente exigente, nunca tive sorte com médicos mesmo, tirando munha reumatologista que é um doce e me acompanha há anos no meu caso de lúpus nenhum outro médico me agradou tanto, agora tenho esperança que essa médica da Aria seja mais atenciosa, é importante tirarmos todas as dúvidas no consultório e não sermos taxados de pais babões, pais são babões de todo jeito, mas o que queremos mesmo é que tratem bem do nosso maior tesouro.


Ahhh nossa bebê têm nos deixado de cabelo em pé, com esse negocio do nascimento dos dentes tivemos algumas noites mal dormidas, duas noites para ser mais especifica foram passadas quase em claro, não dormimos nada, a terceira nos levou até as 5 da madrugada em seguida acordamos, mas isso oscila, é um chorinho de agonia, acompanhado de um soninho bom, ai vem o choro outra vez e por aí vai, paciência e perseverança tem que andar juntas.

Comentei com a medica nova sobre engatinhar, Aria é bem preguiçosa, pra sentar foi uma luta, imagina engatinhar, ela disse que esse não é um passo obrigatório, muitas crianças pulam essa etapa e passam a caminhar com o tempo, me preocupo pois ela nem se virar na cama se vira sabe, mas é por pura preguiça mesmo.

Consultamos uma oftalmologista infantil, na verdade duas, Aria é meio estrábica e a gente quis ter certeza de que isso é temporário, mas a médica ao avaliar deixou bem claro que é um estrabismo leve e que não é necessário tomar nenhuma providência agora, então vamos esperar mais um pouco.

Por fim, essas crianças são uma caixinha de surpresa, as conquistas não param, o trabalho também não, apenas dobra a cada dia, mas sou grata por chegar até aqui e peço força e sabedoria a Deus para continuar minha jornada como mãe, as mães são seres estupendos, me espanta ter sentidos aguçados e força para suportar a exaustão que tenta nos abater a cada dia, não posso ser hipócrita e dizer que isso tudo é fácil pois não é, quem diria que teríamos que passar Deus sabe lá quantas noites em claro, a saga nunca termina, a aflição de ver o filho sofrer é extremamente dolorosa, não poder fazer nada para curar certas dores é muito triste, mas aguentamos, por eles, pelo bem deles, ser mãe é exatamente o que diz o ditado "padecer no paraíso", muitos não gostam desse dizer, mas no meu papel de mãe consigo entender perfeitamente o que isso quer dizer.


Parte boa, acordar com um sorrisão lindo para o seu lado, sentir o afeto, o toque macio do nosso bebê, o olhar de carinho, o amor que eles sentem por nós é bem nítido, a falta que fazemos a eles quando ficamos um pouco longe, os pulos de alegria quando atingem um objetivo, o sentimento materno é o melhor do mundo, a vida atrás parece não ter existido, o que nós segura na atmosfera terrestre não é nem a gravidade, mas sim esses seres tão pequenos e indefesos que dependem de nós para tudo e que nem sabem que somos nós que dependemos deles para sobreviver nessa nova vida.

Bjos a todas as mamães !!!
 

criado e codificado para o blog Kaly Magricela
cópia proibida © 2015